top of page
pessoa sorrindo detrás de um ramo de flores

 

Escolhe os teus florais...

Escolher florais é relativamente fácil. Basta seguir o passo a passo que proponho abaixo. Sigua com atenção.

1. Não "passeie" pela lista de florais abaixo sem ter primeiro parado para sentir e para esclarecer muito bem qual é a questão que quer trabalhar. 

 A direção do movimento é "de mim para a lista" e não o contrário. Acredite, olhar para os florais como se fossem um menu vai  trazer confusão e tornar a escolha mais difícil e imprecisa. 

2. Escolha uma questão que gostaria de trabalhar, equilibrar; uma situação que a incomóda, algo na sua vida de que se quer libertar, algo seu, algo em si. Não queira escolher tudo de uma vez só. Da próxima foca-se noutro tema. Não tente misturar muitas questões num só frasco de tratamento. 

3. Tenha consigo papel e caneta, ou como tomar apontamentos.

4. Leia as descrições dos 38 florais de Bach abaixo. Foque-se em encontrar aquelas que melhor descrevem a sua situação, as suas emoções ou reações.

5. Selecione até 7 florais, no máximo. Anote a tua seleção.

 É possível que sinta vontade de selecionar muitos mais florais! Para ajudar a filtrar a sua escolha, foque-se em como se sente aqui e agora; e não caia na tentação de escolher algo que pensa que lhe falta  - "Uma pitadinha disto fazia-me mesmo bem" - porque não vai fazer efeito! Escolha antes algo que tem dentro de si e que precisa ser equilibrado!

6. Quando tiver terminado a sua seleção carregue no botão "Encomendar Preparado Personalizado", que a conduzirá para um formulário de compra onde deve introduzir os florais selecionados e os dados de compra.

7. Para receber uma pequena revisão gratuita da sua seleção, deves escrever (no formulário de compra) diante de cada floral escolhido a razão da escolha. 

Use a forma abaixo exemplificada, na qual coloca à frente do nome do floral as palavras "para" ou "porque" e descreve brevemente a razão:


 Aspen para a ansiedade.

 Mustard porque me sinto triste.


Descrições que não cumpram esta regra estão sujeitas a não receber revisão gratuita.

 

os 38 florais de Bach:

Mimulus

Para quem sente medos identificáveis, que conhece e consegue nomear.

Para quem sofre com a sua timidez, introversão e tendência a observar mais do que a interagir ou intervir; com uma forte e incómoda consciência de si em situações sociais.

Aspen

Para quem sente medos vagos e imprecisos que lhe causam ansiedade, nervosismo ou tensão relacionadas com a sensação de que algo não está bem sem conseguir  nomear o quê.

Apreensão, pressentimentos. Ansiedade - para quem projeta cenários preocupantes de futuro.

Rock Rose

Para quem se vê arrebatado por um medo muito intenso, tão extremo que o leva ao limite de sentir pânico ou terror. 

Pesadelos infantis ou recorrentes.

Fobias e medos paralisantes.

Red Chestnut​

Para quem sente preocupação em excesso por aqueles que ama.

Sofrendo de temor exagerado e inadequado quanto a situações (hipotéticas e reais) relativas a familiares. Nesse sentido, revela falta de confiança na vida. Alarmismo

Cherry Plum

Para quem teme estar no limite das suas emoções, perder o controlo e acabar por fazer algo irracional. 

Para quem se sente descontrolado, com dificuldade de gerir as suas reações e emoções a diferentes níveis. Birras de criança.

Clematis

Para quem sofre de desconcentração, distração e falta de foco. Gente sonhadora, idealista, criativa e com a  cabeça no ar, que têm facilidade em "criar" no seu mundo interior mas dificuldade em passar à ação, o que traz com frequência muita frustração!

Heather

Para quem se apercebe que vive muito só e centrado em si, com uma grande necessidade de comunicar, mas afastando os outros pela forma desequilibrada e absorvente em como o faz.

Pois seu discurso é desatento, egocentrado e unilateral, afugentando o outro. Solidão.

Impatiens

Para quem tem um ritmo rápido, ágil e perspicaz e por impaciência prefere trabalhar e executar sozinho seja o que for para evitar a irritação que lhe provoca o ritmo menos rápido dos outros. Tecendo uma solidão e uma desconexão dos outros que se deve à sua atitude. Impaciência.

Water Violet

Para quem gosta de estar só mas por vezes sofre de desconexão com os outros, sente dificuldade em interagir e socializar, que desemboca num sentimento de solidão

Gente silenciosa, distante e reservada que pode mesmo parecer altiva ou arrogante e seletiva.

Hornbeam​

Para quem tem tendência a procrastinar ou a  sentir forte cansaço mental. Gente que se vê sem energia para certas tarefas, sente dificuldade (cansa-se só de pensar!) e as adia uma e outra vez. Contudo quando começa fá-las bem, com a energia necessária e sem dificuldade.

 

Gentian

Para quem se reconhece crítico, pessimista e racional  e com tendência a baixar os braços e desabar face à menor contrariedade. A sua atenção foca-se muito mais nos problemas e dificuldades do que nas possíveis soluções. E mesmo quando a vida o trata bem, desconfia!

Gorse

Para quem sofre de descrença absoluta, se sente desiludido com algum aspeto da vida, acreditando nalguma limitação intransponível e que já não tem a menor esperança ou fé. Tendo desistido de lutar, descarta completamente a possibilidade de que algo possa mudar ou possa ser feito para o ajudar. Depressão.

Honeysuckle

Para quem vive preso à nostalgia do tempo que passou; saudosismo. Para a pessoa que se centra no bom e/ou no mau do passado mais do que nas circunstâncias presentes. Tendência a viver mais no passado que no agora ou a estar sempre recordando o que aconteceu então.

Chestnut Bud

Para quem sente dificuldades de aprendizagem ou desatenção. Comete os mesmos erros ou se encontra repetidamente na mesma situação e não aprende com a experiência por não estar atento ou totalmente presente. Quebra de padrões.

White Chestnut

Para quem, como um disco riscado, repete mentalmente os seus pensamentos sem conseguir parar e gasta parte da sua energia neste processo obsessivo e desgastante.

Excesso de energia mental. Insónias por preocupação e mente hiperativa.

Wild Rose

Para quem não revela interesse pelas suas circunstâncias, se sente apagado,  apático, sem reação ou com falta de vontade de investir energia na sua vida. Ausência de preferência ou emoção (resignação) face a situações ou fases de vida mais prolongadas. 

Mustard

Para quem sente tristeza, com ou sem motivos. Carregando uma sensação de melancolia ou depressão ligeira, sem razão aparente.

Quando uma "nuvem negra" se abate sobre a pessoa, deixando-a temporariamente triste.

Olive

Para quem se reconhece física, mental ou emocional exausto, num nível de cansaço intenso ou até convalescente.

Quando a pessoa continua a fazer as suas tarefas apesar do grau de exaustão e precisa, 

no mínimo, de uma revitalização!

Scleranthus

Para quem sofre de indecisão momentânea ou como traço de carácter, hesitando constantemente entre opções quando tem de escolher e consumindo a sua energia em escolhas impossíveis, prós e contras, dúvidas e indecisões.

Wild Oat

Para quem se sente insatisfeito com o que tem entre mãos, sabe que quer outra coisa mas não sabe o quê.

Incómoda e angustiosa inquietação que sentem certas pessoas criativas, multifacetadas e inteligentes, que experimentam tudo e não conseguem satisfazer-se com nada.

Cerato

Para quem é influenciável e tende a menosprezar a sua própria opinião e a pedir conselho aos outros, desviando-se daquilo que no fundo quer ( o seu palpite inicial e normalmente o mais acertado) e acabando por tomar decisões frustrantes e insatisfatórias que não representam aquilo que sente.

Star of Bethlehem

Para quem traz um trauma que ainda o perturba, independentemente da forma como o faz ou da frequência com que o atormenta.

O choque ou trauma vivido ainda altera o seu equilíbrio mental, emocional ou físico e o influencia seu dia-a-dia.

Willow

Para quem sofre de ressentimento e rancor, considerando-se vítima de situações que o superam e sobre as quais crê não deter nenhum poder.

Se sente renegado, vitimizado, posto de parte ou desempoderado.

Elm

Para quem se sente sobrecarregado e temporariamente inseguro face a uma situação ou tarefa que lhe parece subitamente demasiado exigente, apesar de normalmente se sentir confiante, seguro de si e capaz.

 

Pine

Para quem sofre de culpa e remorso,

martirizando-se com a dor do seu erro e não sendo capaz de seguir em frente e digerir as aprendizagens facultadas pela situação.

Para pessoas que sentem culpa frequentemente, mesmo quando não têm porquê se sentir assim.

Sweet Chestnut

Para quem está no limite da angústia, desespero e depressão. Sente altíssimos níveis de ansiedade e agitação e não encontra tranquilidade. Para quem não vê luz ao fundo do túnel mas mesmo assim continua em frente.

Larch

Para quem carrega uma tal falta de confiança no que toca às suas competências que, devido a essa insegurança, prefere nem sequer começar aquilo que crê de antemão que falhará. Para aqueles que precisam de cultivar alento, ânimo e confiança nas suas capacidades.

Oak

Para quem sofre por ser "demasiado forte" mas pouco sensível às suas necessidades e limites. Apesar de muito responsável, resistente e perseverante, tende a "esticar a corda" das suas capacidades além do limite, não se apercebendo, até que colapsa por sobrecarga.

Crab Apple

Para quem se sente obsecado pela limpeza, pela ordem e pela perfeição, repudiando tudo o que não espelhe estes valores.

Tendência a comportamentos obsessivo-compulsivos e a problemas de auto imagem e relação com o corpo. Processos de limpeza e cura.

Vine

Para quem revela uma tendência ao autoritarismo desmedido, à falta de empatia e a uma implacável frieza de carácter.

E, apesar das excelentes capacidades de organização e liderança, peca por não lhe importar o que os outros sentem, apenas que sigam as suas ordens.

Mal canalizada, esta energia dominante e forte pode torná-los agressores, bullies ou gente de mau carácter e pouca ética, que não olha a meios para atingir os seus fins.

Vervain

Para quem sente que a sua natureza intensa e "descalibrada" por vezes o prejudica. Consumido pela sua inclinação ao excesso, tudo o que faz tende a ser num volume muito acima dos demais! Sua vida tem expressões e proporções mais exageradas que os outros, para o bem e para o mal.

Beech

Para quem se reconhece demasiado irritável, intolerante ou sensível aos maneirismos e características dos outros. Tendo que fazer um esforço gigantesco para lidar com os outros 

sem incorreções e sem ofender ou magoar. 

Fases de irritabilidade.

Chicory

Para quem tende a querer que aqueles que ama façam aquilo que deseja ou que imagina ser o melhor para eles. Apesar de amoroso, dedicado e atento, sua devoção está cheia de condições e cobranças. Se for preciso, usa a chantagem emocional para controlar e manipular. Sente carência e dor se não receber amor como quer.

Rock Water

Para quem sofre por saber que a sua inflexibilidade, impecabilidade e rigidez o priva de partilhar com os outros certos momentos e prazeres. 

Tal como um asceta, submete-se a uma forma estrita e rígida de viver, altamente disciplinada e movida por objectivos muito elevados. 

Centaury

Para quem se deixa abusar e tirar vantagem pelos outros, devido à sua natureza gentil, benevolente e prestável, tornando-se facilmente subserviente e vulnerável.

Para quem precisa aprender a dizer não aos outros e sim a si próprio,  a se nutrir e ter em consideração.

Walnut

Para quem precisa estabelecer limites à influência dos outros e de suas opiniões na sua própria vida, seguindo o seu caminho sem hesitar nos seus propósitos, objetivos, visões. Para quem precisa sentir-se mais adaptado, satisfeito, receptivo e resiliente em processos de mudanças.

Holly

Para quem tem o coração ferido e sente ódio, raiva, ímpeto de violência, desejo de vingança, ciúme, inveja, suspeita ou desdém em relação a alguém ou aos outros.

 

 

 

 

 

 

Agrimony

Para quem sofre porque esconde o tempo todo aquilo que realmente sente e o atormenta sob uma aparente felicidade, como se usasse uma máscara. Para quem faz demasiada gestão emocional no seu dia-a-dia, na tentativa de esconder dos outros o "pior" de si. E, ao "engolir" tudo isso, acaba por encontrar compensação em comportamentos compulsivos ou somatizando doenças.

 

 

 

 

Rescue Remedy®

Para quem perde o seu centro, a sua serenidade, ao se deparar com um imprevisto, um choque, um trauma ou uma situação que provoca agitaçãoTraz presença e autodomínio.

Esta fórmula, a única do sistema, tem muitos nomes de acordo com a marca que a produz. 

O nome acima foi dado originalmente pelo Dr. Bach, porém é hoje uma marca registada.

A fórmula de Resgate do Dr. Bach é composta por 5 remédios que procuram apoiar qualquer situação imprevista e perturbadora, ajudando a não perder o controle, Cherry Plum; a não se impacientar, Impatiens; a não desmaiar ou entorpercer, Clematis; a não entrar em pânico, Rock Rose; e a gerir o trauma, Star of Bethlehem.

Este é um remédio essencial em todos os lares, porém, não deve ser usado de forma continuada, pois a sua função é apoiar em desequilíbrios pontuais e não situações prolongadas.

 

No caso de necessidade de um apoio mais prolongado, um mix personalizado de florais de Bach será mais favorável ao teu processo. Podes recorrer à lista acima para escolher os teus florais ou, se preferires, marcar uma consulta!

bottom of page